Marcas parceiras compartilham com a Agropodas o compromisso com viticultor

Marcas parceiras compartilham com a Agropodas o compromisso com viticultor

Além das informações precisas fornecida pelos consultores Newton Matsumoto, Jackson Lopes e Augusto Prado, os representantes das marcas parceiras do evento também apresentaram informações preciosas aos quase 300 participantes do 12º Debate da Viticultura. Basf, Timac Agro, UPL OpenAg, AMVAC do Brasil, Global Crops, Ihara, Yara, Biomulti, Biovalens, Ubyfol organizaram estandes com a exposição de produtos e seus consultores repassaram dicas importantes nas áreas de fitossanidade e nutrição vegetal. 

 

“Tenho a plena convicção e a certeza de que conhecimento não deve ficar para si. Precisa ser divulgado, compartilhado e os conteúdos que o Newton, Jackson, Augusto, nossos maiores consultores, trazem aqui para nossa viticultura aqui no Vale são fantásticos. E a Basf tem o prazer e a alegria de compartilhar esse dia a dia com os consultores e ter essas informações. Então a gente está sempre à disposição”, reforçou Ivan Faccioli, representante da Basf. Ele também revelou que a marca já patrocinou quatro edições do Debate da Viticultura justamente pela sua forte atuação região. “A participação da Basf no ciclo da viticultura aqui no Vale do São Francisco é muito importante. A gente agradece a Agropodas essa parceria forte que temos há 16 anos com a viticultura do Vale”.

 

Segundo Marta Mendes, representante da Biovalens, a união de forças vai minimizar prejuízos. “Muito importante, de fundamental importância essa participação num momento crucial para a videira, que é a discussão sobre chuvas e com a previsão de mais chuvas. Então, os cuidados que devem ter e que devem manter em toda a parte do ciclo da cultura são fundamentais para que os produtores não tenham suas áreas prejudicadas, enfim, suas produtividades”. A representante também destaca a atuação dos seus produtos no controle biológico de pragas. “A gente trabalha com controle biológico trabalhando com microrganismos, fungos e bactérias para o controle de pragas e doenças”, detalhou. “Quero agradecer a Agropodas e espero estar participando de mais eventos como esse que são de fundamental importância para o Vale do São Francisco”, finalizou Marta.

 

Já Rafael Ribeiro, representante da Global Crops, enfatizou os bons frutos colhidos a partir da parceria com a Agropodas. “A Global vem como uma parceira e o evento que é de suma importância para o Vale do São Francisco. Eventos como esse trazem novidades, atualizações, as dificuldades do dia a dia e soluções para a boa convivência do produtor no campo. A Global Crops é parceira da Agropodas, somos uma empresa nordestina. Então para nós é uma oportunidade e um prazer fazer parte dessa união”. 

 

Hélio Gonzaga, gestor da Timac Agro, elogia o planejamento do Debate da Viticultura deste ano, que entrou no calendário dos produtores no mesmo período em que as chuvas que assolaram a região. “É um evento importante pois traz para o debate assuntos valiosos, principalmente no combate ao míldio que é uma das doenças que mais traz prejuízos aqui para região assim, os produtores poderão minimizar os prejuízos que tem todos os anos com essa doença. Ele vem num momento exato em que os produtores precisam dessa troca de informação para se protegerem ao máximo dos prejuízos causados pelo míldio”. Hélio ainda lembrou que Timac Agro é parceira da Agropodas há 13. “É uma empresa francesa que está no Brasil há mais de 20 anos. O grupo Roullier está presente no mundo há mais de 60 anos e nosso principal parceiro é a Agropodas, temos uma parceria forte e atuamos no campo da nutrição trazendo para os produtores soluções no seu dia a dia”.

 

Por fim, Gilvan Cavalcante, representante da AMVAC do Brasil reforçou a parceria com Agropodas e a satisfação da marca em apoiar eventos como o 12º Debate da Viticultura. “Debate da Viticultura é um evento de extrema importância pois ele esclarece ao produtor de uva alguns pontos que vão norteá-los os para a tomada de decisão mais assertiva principalmente agora nesse período crítico do primeiro semestre, o período de chuvas. A Agropodas é uma parceira, vem trabalhando junto com a AMVAC do Brasil aqui no Vale São Francisco junto aos consultores também no campo, no dia a dia com o produtor rural trazendo novas tecnologias para que sejam aplicadas no dia a dia”.

 

Publicações relacionadas

Míldio, o vilão das chuvas

Ao avaliarem os problemas enfrentados após o período chuvoso, um ponto era unanimidade entre os 300 participantes do12º Debate da Viticultura: a preocupação com a incidência do míldio. Não é pra menos. O míldio é a principal doença da videira no Brasil e causa sérios prejuízos à viticultura em...

Leia mais

Produtores satisfeitos, sucesso consolidado

Ao final do 12º Debate da Viticultura fomos ouvir a opinião dos participantes que de forma unânime aprovaram o evento. Leiam abaixo os depoimentos.  Álvaro Solano, produtor e integrante da Copex Vale – cooperativa que agrega em torno de 28 produtores do Vale do São Francisco: “Eu participo de...

Leia mais