Agricultor forte, agricultura forte, o Vale do São Francisco forte

Agricultor forte, agricultura forte, o Vale do São Francisco forte

A frase acima já virou um lema entre os diretores e colaboradores da Agropodas. Presente no
mercado há 24 anos, a empresa do ramo agrícola supera o conceito de vendas e forma laços
sinceros com seus clientes. Prova disso é o sorriso no rosto de todos que foram convidados a
dar suas opiniões sobre as lojas localizadas em Petrolina e Juazeiro. Eles falam com muito
orgulho e carinho sobre a experiência vivenciada a cada compra e o quanto se sentem
acolhidos nas unidades da Agropodas.

“A Agropodas em 24 anos de existência e sempre se preocupou em primeiro lugar com a
sustentabilidade do negócio e não só do negócio da Agropodas, mas de todo o ciclo do
Agronegócio. Eu sempre costumo falar para minha equipe e um dos jargões que eu falo diz:
Agricultor forte, agricultura forte, o Vale do São Francisco forte, todos se beneficiam”, reforçou
o diretor Carlos Furusato.

Segundo a diretora da Agropodas, Val Furusato, a união da equipe e a qualificação dos
profissionais são os pilares para a consolidação dos bons serviços prestados. “Temos
funcionários antigos e preservamos nossa equipe. Na área administrativa por exemplo, a
rotatividade é baixíssima. Graças a Deus temos construído uma linda história respaldada em
valores éticos, prezando sempre por uma relação transparente com os colaboradores, clientes
e fornecedores. Boa parte deles estão conosco há mais de 10 anos e cresceram junto com a
Agropodas”, destacou.

Uma prova desse compromisso foi a realização do 12º Debate da Viticultura. Cerca de 300
participantes abriram mão, num sábado (08), de outras atividades ou até mesmo do lazer, para
assumirem o compromisso com o combate das pragas trazidas pelo período chuvoso no Vale
do São Francisco. O evento foi realizado pela Agropodas em parceria com os fornecedores
Basf, Timac Agro, UPL OpenAg, AMVAC do Brasil, Global Crops, Ihara, Yara, Biomulti, Biovalens,
Ubyfol. Nas explanações dos consultores Newton Matsumoto, Jackson Lopes e Augusto Prado
e nos esclarecimento das dúvidas entre os parreirais da Fazenda Área Nova, no N10, ecoava
entre os presentes a prática do que se repete sempre na teoria: “Agricultor forte, agricultura
forte, o Vale do São Francisco forte, todos se beneficiam”.

Publicações relacionadas

Míldio, o vilão das chuvas

Ao avaliarem os problemas enfrentados após o período chuvoso, um ponto era unanimidade entre os 300 participantes do12º Debate da Viticultura: a preocupação com a incidência do míldio. Não é pra menos. O míldio é a principal doença da videira no Brasil e causa sérios prejuízos à viticultura em...

Leia mais

Produtores satisfeitos, sucesso consolidado

Ao final do 12º Debate da Viticultura fomos ouvir a opinião dos participantes que de forma unânime aprovaram o evento. Leiam abaixo os depoimentos.  Álvaro Solano, produtor e integrante da Copex Vale – cooperativa que agrega em torno de 28 produtores do Vale do São Francisco: “Eu participo de...

Leia mais